Um operador eólico global

A aposta decidida da Elecnor na energia eólica fez com que a Enerfín se transformasse em um operador eólico global que, como tal, trabalha na promoção de grandes projetos no Brasil e nos demais países do mundo onde existem mais oportunidades: Canadá, Austrália, México, África do Sul, Estados Unidos e Japão.

É uma aposta que exige a mobilização de grandes recursos financeiros. Por isso, a Enerfín está trabalhando ativamente em busca de alianças e para o estabelecimento de novas operações de desenvolvimento corporativo que lhe permitam enfrentar esses grandes projetos de investimento. Nessa linha, enquadra-se o acordo societário de incorporação da CEEE (Empresa Elétrica do Rio Grande do Sul) nos parques do complexo Osório-Palmares com 10% de participação.